A Saga de fotografar um produto

Oi pessoal!

O assunto de hoje é fotografia. Vim mostrar para vocês um pouco de como eu faço as fotos dos meus produtos, como monto o cenário, enfim, tudo que acho relevante.

Mas como aqui não é uma manual técnico e sim prático, vou mostrar o passo-a-passo da Saga do dia de fotografar.

Se você me acompanha pelo Instagram já deve saber do que eu estou falando e porque da denominação “saga”.

Mas vamos lá.

Primeiramente eu escolho as peças que vou fotografar, antes que eu pense em colocá-las à venda. Neste caso foram os caminhos de mesa com os guardanapos. Passo a ferro as peças, pois marcas e amassados não combinam com a fotografia profissional.

Ai penso  no cenário como um todo onde irei fotografar minhas peças. Se você produz peças menores e gosta de fotos com fundo infinito (fundo branco) também vai ter o trabalho de preparar o seu fundo e a sua iluminação. Eu sempre uso a luz e ambiente natural, pois como minhas peças normalmente são grandes, fica muito complicado montar o fundo infinito para elas, além do que eu gosto de trazer um pouco da natureza que me cerca para as fotos. Como estou morando em uma pousada (Pousada Bicho do Mato), resolvi usar o lindo cenário do deck da piscina.

Em seguida eu escolho objetos que compõe o uso do produto, nesse caso, como são caminhos para serem usados de toalha de mesa, eu monto uma mesa de verdade, com o maior número de elementos possíveis, mas sempre lembrando que o foco é mostrar o produto.

Estava eu concluindo esta fase, feliz da vida com minha mesa chiquérrima, no cenário perfeito, quando me lembrei que a bateria da máquina havia ficado na minha casa (a alguns metros dali).

Aqui estou eu super feliz com a produção toda pronta para os cliques.

Aqui estou eu super feliz com a produção toda pronta para os cliques.

No meio do caminho de volta gotas graúdas começaram a cair do céu. Corri. Quando cheguei as gotas eram muitas e a chuva grossa caiu com força total, molhando tudo. Desmontei toda a produção que havia me custado uma meia hora pelo menos, debaixo de chuva, atônita!

Tá vendo, as coisas não acontecem da forma que planejamos não é mesmo? Real life baby!

Chuva

Tudo molhado! Inclusive o produto.

Tudo molhado! Inclusive o produto.

Mas como aqui não deixamos os imprevistos nos vencer, usei a parte interna da área da piscina para fotografar algumas almofadas. E assim terminou a saga do dia de fotografar: com fotografia!

almofada com renda MIMO almofada catedral MIMO almofadas MIMO

Eu gosto de fotografar meus produtos com uma câmera semi-profissional, tenho uma SONY DSC-HX1, meio antiguinha, mas que trabalha com maestria dentro do que eu preciso. Também fotografo com o celular, daí já posto algumas fotos sem ter que ficar passando de lá pra cá.

Creio que o meu leitor seja um pouco como eu, faça de tudo um pouco dentro do seu empreendimento, não é mesmo? Mas existem áreas em que é muito importante nos aprofundarmos ou então delegar esta função a uma pessoa mais especializada.

Hoje não conseguimos atingir o nosso cliente sem uma boa imagem do nosso produto. Quem tem ou pretende ter uma loja virtual então, nem se fala. A foto do seu produto tem relevância de 80% na venda. Mas se você não tem loja virtual, tenho certeza que coloca a foto do seu produto no Facebook para divulgar não é mesmo? O que uma foto escura, com um fundo de toalha de mesa de todo dia pode valorizar ali? Para não dizer nada, diria que dá uma pioradinha…

Por isso, sugiro que invistam em um curso rápido, ou mesmo percam um tempo com vídeos no youtube de tutoriais. Não é nenhum bicho de sete cabeças, só dá um pouquinho de trabalho, mas que faz toda a diferença. Você vai ver como vale o investimento.

Essa semana vou postar em nossa Fanpage lá no Face alguns vídeos e posts legais que ensinam um pouco.

Comentem aqui como vocês fazem para fotografar seus produtos e o que acharam deste post!

abraços!

Mudança, de uma montanha à outra.

mudança

Apesar de adorar fazer mudança de casa, eu tava querendo mesmo era me mudar para minha casa, sabe o sonho da casa própria? Mas para isso tive que fazer uma mudança a mais. Saí de São Bento do Sapucaí para a cidade ao lado, Gonçalves, em Minas Gerais.

A cidade é linda, fica na Serra da Mantiqueira como São Bento, pois dessas montanhas eu não saio jamais! Estou morando em uma pousada, lindamente linda como Gonçalves, a Pousada Bicho do Mato. Meu marido está de Chef no Restaurante Sauá e eu ajudando um pouco no que precisa.

O mais gostoso foi montar toda a casa de novo e melhor ainda, foi desapegar de um mooonnntee de coisas que eu não usava, que eu guardei sem necessidade. Aquele limpa que só uma mudança é capaz de fazer!

Depois vou fazer um post só sobre como eu reorganizei meu ateliê. Acho isso um assunto relevante aqui.

Estou me sentindo muito feliz, apesar dos dias de chuva, e estar ainda mais perto da natureza me deixa muito menos ansiosa. As vezes parece que aqui é um universo paralelo, onde dá tempo de fazer quase tudo e as horas passam mais devagar.

fog

Final de tarde, vista da minha janela, a neblina chegando…

No dia do Equinócio de Outono saí para dar uma volta e colher algumas flores para casa e meditar um pouco (sempre faço isso nas mudanças de estação porque acho importante manter um elo com os movimentos da natureza) e tirei fotos lindas, singelas na minha caminhada; matinhos, flores silvestres, sempre-viva, cogumelos e quaresmeiras…

matinho2 tulipinha musgo  brinco de princesa quaresmeira botão quaresmeira matinho sempre-viva cogumelo texturaDSC01624